Gratidão pela Vida

    “Ensina ao teu semelhante a gratidão e ele receberá benefícios; ensina ao teu semelhante a caridade, e ele receberá amor” – A Vós Confio

    1413

    Poucas pessoas se expressam de modo semelhante, pois não existem duas pessoas exatamente iguais. Nosso modo de viver, nossa forma de pensar, nosso comportamento em relação aos outros, tudo isso revela uma parte de nossa evolução e compreensão individuais, uma parte da nossa educação, instrução e experiências de vida. Somos diferentes e, no quadro geral da vida, podemos sentir como a Criação se revela na diversidade que contém. Em todas as manifestações do Divino, e especialmente na natureza, essa diversidade é inegavelmente óbvia.

    No entanto, ninguém vive apenas para si mesmo. Uma pessoa só conseguiria essa façanha se estivesse sozinha no planeta. Cada uma de nossas atividades diárias, direta ou indiretamente, sempre afeta uma ou mais pessoas. É, portanto, essencial que cultivemos uma compreensão de nós mesmos, de nosso ambiente e de todo o Cosmos para podermos experimentar a alegria de viver.

    A cada dia que passa, expresse sua gratidão pela vida, por uma vida que permite que você desfrute e use plenamente sua existência terrena partilhando o que você recebe, manifestando sua espiritualidade e compreendendo a divindade com a qual você está infundido. Dê graças sem cessar por este dia de trabalho em que você tem a oportunidade de expressar suas faculdades internas e forças latentes. Quando vão chegando as férias, sinta uma imensa gratidão pelo descanso que vai ter de suas tarefas diárias, muitas vezes repetitivas.

    Muitos de nós temos uma tendência a pensar que a vida é feita apenas de tristezas e de dificuldades. Nunca suponha que os outros são mais felizes do que você, que são mais abençoados que você. Um dos objetivos na vida deveria ser o de sair ativamente por aí em busca da felicidade, na verdade, fazendo com que a felicidade aconteça. Na realidade, a felicidade está mais perto de você do que suas mãos e pés, portanto, agarre-a. Ela quer ser agarrada! Não é necessário ser rico, poderoso ou estar em altas posições para ser feliz. A felicidade não corresponde à riqueza material. Provavelmente você já observou que muitas vezes é o mais humilde na sociedade que encontra a felicidade nas coisas mais simples, coisas que normalmente nem levamos em consideração. Infelizmente criamos necessidades que de início nada mais eram que desejos, e os supérfluos podem facilmente se tornar uma dessas necessidades. O Cósmico nos deu tantos privilégios e possibilidades que, se fôssemos plenamente conscientes deles, seria difícil para nós sermos infelizes com relação ao que somos e ao que recebemos.

    Todos fomos abençoados com dons, mas nem sempre nos apercebemos disso e continuaríamos reclamando mesmo se fôssemos donos do universo. Esquecemos tudo o que temos à nossa disposição para lamentarmos as coisas que não temos. Seja grato, portanto, pelos dons que você já tem e, assim, abrirá as portas para receber ainda mais bênçãos. Mas nunca suponha que basta simplesmente agradecer. Pergunte-se sempre se você realmente merece o que recebe. Não é verdade que muitas vezes você recebe sem dar? Será que sempre partilhamos com os outros as nossas alegrias e a nossa gratidão? Será que retribuímos na mesma proporção que recebemos?

    É grande o número de pessoas que pedem ajuda do Cósmico, mas poucos são aqueles que, de fato, expressam sua gratidão. Ouça a ainda tênue voz dentro de você que o impulsiona a dar graças pela abundância da vida que lhe pertence. E não agradeça simplesmente pelas suas vantagens materiais, mas também pela capacidade de sentir simpatia, de compreender os outros, de confiar e de esperar por um amanhã melhor. Seja grato se descobriu uma forma de ajudar os outros. Seja grato por merecer ter recebido o sentido do tato, da visão e da audição, que são a manifestação do trabalho divino diário que consiste em ‘sentir conscientemente’ a gratidão pelo que se tem.

    Logo vai descobrir que seu copo não só está cheio, mas ‘transbordando’. Quando acorda pela manhã – e várias vezes durante o dia – retire-se para a solidão de seu Eu e expresse do fundo de seu coração a gratidão pela vida que o anima. Seja grato pela saúde que tem e pela família que o cerca. E seja grato também pelo seu grande dom: a possibilidade de partilhar com os outros. Numa onda de gratidão, peça ao Cósmico que o inspire, que lhe dê forças e o apoie em todos os seus esforços. Então, você vai ficar receptivo aos poderes infinitos e vai se colocar em tal harmonia que a Essência Divina do Cósmico vai de fato infundir seu ser.

    Todo dia é uma oportunidade de meditar sobre os privilégios, o conhecimento e a compreensão que estão à sua disposição. Hoje no trabalho, amanhã nas férias, ou a qualquer momento, expresse sua gratidão por todas essas bênçãos cósmicas… E esteja sempre imbuído do verdadeiro espírito de reconhecimento e de gratidão.

    “Ensina ao teu semelhante a gratidão e ele receberá benefícios; ensina ao teu semelhante a caridade, e ele receberá amor” – A Vós Confio

    Arquivos Rosacruzes