Palestra “A ginecologia e a saúde da mulher no tempo dos faraós” – 29 de setembro às 14h30

417
A ginecologia e a saúde da mulher no tempo dos faraós

Para garantir a saúde da mulher e a continuidade da família, os egípcios criaram diversas prescrições médicas, algumas das quais sobreviveram ao tempo e chegaram até nós. Os ingredientes utilizados em tais fórmulas eram os mais variados, indo desde leite, mel, flores e frutos, até substâncias ofensivas, como excrementos de animais. A maior fonte para nosso conhecimento sobre os conceitos e práticas da medicina no Egito antigo é um grupo formado por doze papiros médicos e quatro ostracas, que se encontram distribuídos em diversos museus ao redor do mundo, e dos quais o Papiro Ginecológico de Lahun é o mais antigo. Nesta palestra discorreremos sobre a ginecologia no Egito antigo, por meio da análise das diferentes receitas indicadas nestas fontes, e que eram indicadas para assegurar a saúde da mulher.

Data: 29 de setembro –  Horário: 14h30.

Local: Auditório H. Spencer Lewis (Rua Nicarágua, 2620 – Bacacheri) – Curitiba -PR

Palestrante: Professora Doutora Liliane Cristina Coelho – UNIANDRADE, ITECNE e CEHAM/NEA-UERJ

Acesso: 1 kg de alimento não-perecível ou 1 produto de higiene.